A SEAT apresentou a sua estratégia elétrica que, até ao início de 2021, incluirá seis modelos elétricos e híbridos plug-in. A versão elétrica do Mii e o el-Born serão os primeiros modelos 100% elétricos da marca, enquanto a nova geração do Leon e o Tarraco contarão com uma versão híbrida plug-in. Por outro lado, o CUPRA Leon e o CUPRA Formentor também terão uma versão híbrida plug-in.
O CEO da SEAT, Luca de Meo, também anunciou hoje, no decurso da apresentação anual de resultados da empresa, que o CUPRA Formentor, o novo CUV (Cross Utility Vehicle) revelado no Salão de Genebra, será produzido na fábrica de Martorell em Espanha.

Pela primeira vez na história da empresa, a SEAT desenvolverá uma nova plataforma de automóveis em colaboração com a marca Volkswagen. Será uma versão mais pequena da Plataforma Modular de Propulsão Elétrica (MEB) sobre a qual serão produzidos diferentes modelos, com cerca de 4 metros, de várias marcas, entre as quais a SEAT.

A nova plataforma tem como objetivo desenvolver veículos elétricos acessíveis, com um preço de entrada abaixo dos 20.000 euros, até 2023. Mais de 300 engenheiros altamente qualificados participarão neste projeto em Espanha.